quarta-feira, 31 de março de 2010

Abra(ço)cadabra!

Um dia de pura magia
Em tanta alegria
Eu não me cabia!
Os seus braços
Pra mim se abria,
E pra eles eu corria
E nada temia.
Todo meu pranto sumia,
E o sorriso, fácil se abria.


Teria sido trágico
Se não fosse mágico!





Raquel de Carvalho

7 contaram o que pensaram:

Anna Carolinne disse...

Lindo!!Ameiiiiiiii...Acho que já ouvi essa frase final em alguma conversa seria nossa!

Juju Artes disse...

Gostei demais da surpresa final, fechou com chave de ouro!!!

Pensamentos Diretos disse...

q fera o novo blog da raks..... e os versinhos cada vez melhores!!!

Raquel de Carvalho disse...

Anninha, Juju e Menson, Obrigadaaaaa!!! beijos

Lucão disse...

Raquel! ficou mto legal o seu blog.
E o final dessa poesia? caramba, que coisa linda!
:)

tonhOliveira disse...



Quem conta, canta e encanta!

Seria?!

abracei!

Cintia Leitao disse...

ameiiiiii o texto!!Parabéns Rak´s!!Cada vez melhor, hein!!=]